Amizade? Tem certeza?

Para você, o que determina uma verdadeira amizade?
Você tem certeza de que pode confiar nos seus amigos?

TAGS:


Uma resposta para “Amizade? Tem certeza?”

  1. Amizade é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto do altruísmo. Provavelmente o interesse dos amigos são parecidos, e demonstram, entre si, um senso de cooperação. Muitas vezes é baseada em comportamentos como:
    a tendência de desejar o melhor para o outro;
    simpatia e empatia;
    honestidade;
    lealdade.
    Geralmente a amizade leva a um sentimento de lealdade entre si, ao ponto de colocarem os interesses do outro à frente de seu próprio interesse. Amizade resume-se em lealdade, confiança e amor, seja fraterno ou mais profundo e como Carl Rogers diz: “é a aceitação de cada um como realmente ele é”.
    Os amigos evitam ser sufocantes ao outro para que haja respeito nos direitos do outro e sufocá-lo com exigências corre-se o risco de perdê-lo.
    A amizade pode ter como origem, um instinto de sobrevivência da espécie, e uma necessidade de proteger e ser protegido por outros seres da espécie. Faz parte da amizade, não exacerbar os defeitos do outro e dividir os bons e maus momentos.
    Alguns amigos se denominam “melhores amigos”. Os melhores amigos muitas vezes se conhecem mais que os próprios familiares e cônjuges. Funcionam quase que como um “confessionário”. Para atingir esse grau de amizade, muita confiança e fidelidade são depositadas.
    Os amigos se sentem atraídos pelos outros pela forma que eles são e não pelo que eles possuem. As verdadeiras amizades tudo suportam, tudo esperam, tudo crêem e tudo perdoam pelo simples facto de existir entre eles o verdadeiro amor, também conhecido como amor philéo = amor de amigos.
    Por muito que se possa explicar psicologicamente sobre a amizade e por muito que falem dela como um objecto científico e a estudem, a amizade é um sentimento que se deve preservar a todo o custo.
    Em caso de perda da amizade sugere-se a reconciliação e o perdão.
    meu blog:https://bramiguz.blogspot.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *