Para onde você está indo?

caminhoConstantemente nas minhas palestras e apresentações eu reforço a ideia de traçarmos metas e objetivos para nossa vida. Falo sobre metas semanais, mensais, anuais, etc…
Estas metas e objetivos precisam estar alinhados com um plano pessoal de vida.
É muito interessante observar que grande parte das pessoas não fazem a menor ideia sobre para onde estão se dirigindo.
Você que é assinante da Unidarma e também você que acompanha meus posts nas redes sociais deve desenvolver esta consciência. A de desenvolver um plano pessoal, um plano de vida e trabalhar sobre este plano.
Isto é muito mais simples do que imagina.
Tudo começa com pegar um pedaço papel, uma caneta, e começar a traçar algumas ideias daquilo que você julga adequado para sua própria vida. É como “brincar de ser Deus”.
Faça perguntas do tipo:Se tudo fosso possível, onde exatamente eu gostaria de estar?Fazendo exatamente o que? Com quem?Qual tipo de trabalho traria excitação para minha vida, fazendo com que eu acordasse logo pela manhã disposto e motivado?O que eu gostaria de estudar ou aprender? Que talentos gostaria de desenvolver? Que tipo de corpo é o ideal para mim?
Vá fazendo perguntas… vá traçando este “rascunho” de plano de vida.E, quer saber… recomendo que faça isto no papel mesmo e não no computador.
Depois que tiver este primeiro rascunho, daí então, passe isto a limpo, separando por categorias. Por exemplo: Família, Dinheiro, Trabalho, Espiritualidade, Educação, Corpo, etc… Você mesmo cria as áreas de sua vida que tem interesse.
Pronto… já está criando uma direção para estas coisas todas.A partir daí, vá continuamente revisando este material. Passe a limpo, de tempos em tempo, faça uma impressão disso e carregue este papel sempre contigo. Uma não. Faça várias cópias. Deixe uma em sua bolsa ou na carteira. A outra cole no espelho do seu banheiro. Deixe uma outra cópia na sua mesa de trabalho e outra num livro que lê com frequência.
E quando alguma ideia nova surgir, alguma mudança de planos aparecer, revise seu projeto pessoal, passe-o a limpo e repita o processo.
Embora as tradições do Zen ensinem que devemos apenas deixar a vida a acontecer, sem forçar nossa natureza, é importante lembrar que faz parte da natureza humana progredir, crescer, evoluir. Então, deixar de buscar também seria um pecado contra sua própria natureza.
Cresça, evolua, siga em frente. Mas vá em frente, consciente da direção que está tomando.Como diz o antigo ditado: Os ventos são mais favoráveis para o marinheiro aquele que sabe a direção que quer tomar.
Sucesso e Felicidade Para Você!
CHRIS ALLMEIDA


Uma resposta para “Para onde você está indo?”

  1. Chris, tudo bem?
    acompanho você há tempos, e melhorei em muitos aspectos da vida afetiva e pessoal aplicando o que aprendi com você.
    Estou tentando me abrir e noto progresso porque não sinto mais tristeza ou medo de ser enganada.
    Mas confesso que na parte profissional… nem pegando um papel e caneta eu consigo traçar uma meta futura. Não sei para onde estou indo, estou no piloto automático.
    Já tentei, mas não consigo despertar um dom, uma habilidade que me traga excitação.
    Acho que preciso ‘desanestesiar’ . Estou pensando em ser assinante de novo, assumir o compromisso diário de me cuidar.
    abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *