O quanto você sabe aquilo que sabe?

Conhecimento, sozinho, não fará nada pela sua vida.
Conhecimento aplicado transforma-se em sabedoria.

Recentemente fiz uma apresentação online na Unidarma e, na ocasião, falava sobre uma coisa bem interessante:
“Pessoal, hoje eu vou tocar em três assuntos. Tenho certeza de que vocês já me ouviram falar e vou estar repetindo isso”.
Estava falando da prática do silencio interior (ou seja, da meditação), da prática da atividade física e da necessidade de você ter uma boa noite de sono.
E repeti enfaticamente: “Isso aqui vocês já sabem. Eu já falei várias e várias vezes e vou continuar falando”.
Essa ideia da repetição é muito importante. Lembro-me de uma frase de Gilbert Keith Chesterton, escritor britânico: “Precisamos mais ser lembrados do que instruídos”.
Claro, você deve sempre buscar conhecimento. Deve cultivar o saber cada vez mais, estudar sempre mais, etc…
Por outro lado, se prestar atenção, verá que muitas coisas você já sabe.
Principalmente você que está lendo um blog de desenvolvimento pessoal.
Principalmente você que é um buscador de autoconhecimento.
Muita coisa você já sabe. Concorda comigo?
Então, qual é o problema?
O problema é que ao longo da nossa vida vamos sendo, o tempo todo, influenciados pela televisão, pelos amigos, pelos colegas, pelos noticiários, pelas músicas e assim por diante.
É como se fosse uma disputa constante pela sua atenção. E, com isso, você tende a dispersar suas ideias e perder o foco. Então, todos aqueles conhecimentos preciosos relacionados com seu crescimento pessoal, sua autoconfiança, sua autoestima ou o seu trabalho para estabelecer metas, tende a ficar em segundo plano.
As pessoas possuem uma tendência natural para a dispersão. É por esta razão que você precisa continuamente ler artigos como este, bem como assistir vídeos motivacionais e conversar com pessoas de mente positiva. Tudo isto trará você de novo para o seu próprio centro. Fará com que você se recorde do seu foco.
Vejo muito disso acontecendo na Unidarma. Aliás, é muito comum eu falar para os assinantes que “a Unidarma não É cursos. A Unidarma TEM cursos”. É como em sua casa. Você tem uma mesa. Você tem uma cadeira. Você tem um sofá, tem uma cama, etc. Mas a mesa, a cadeira, o sofá e a cama não são a sua casa. Sua casa é sua casa. Sua casa tem essas coisas.
Na Unidarma nós TEMOS cursos. Centenas de horas em áudios e vídeos de cursos disponíveis para os assinantes. Mas saiba que o objetivo principal na Unidarma não é ficar oferecendo cursos. O objetivo principal da Unidarma está muito bem explicado na frase de Chesterton: “Precisamos mais ser lembrados do que ser instruídos”.
A Unidarma existe para te lembrar de muitas coisas que você já sabe.
Pois a pergunta que vale um milhão é “você coloca em prática aquilo que sabe?”
Eu tenho a seguinte definição:
Conhecimento, sozinho, não fará nada pela sua vida.
Conhecimento aplicado transforma-se em sabedoria.
Aliás, essa é, para mim, a diferença entre conhecimento e sabedoria. Conhecimento é aquela informação e ponto. Porém, quando você coloca em prática aquela informação, VOCÊ SE TORNOU SÁBIO (e não apenas detentor de conhecimento).
O tempo todo estou aqui no meu blog, no meu canal do Youtube, nas mensagens postadas nas redes sociais, nos cursos e nas palestras que ofereço (até mesmo nas próprias reprogramações mentais) lembrando você de coisas que você já sabe.
Meu objetivo maior e convencer você a adquirir o hábito diário deste cultivo do autoconhecimento pessoal. Faça com que isto seja uma ação prática, concreta e bem estabelecida.
Pegue sua agenda e anote agora mesmo: de tal hora até tal hora eu vou reservar este tempo para o meu estudo, para o meu aprimoramento pessoal. Amanhã, de tal hora até tal hora eu vou assistir tal vídeo, vou fazer tal curso na Unidarma. No dia seguinte, de tal hora até tal hora eu vou ouvir tal áudio, etc…
Lembre-se:
Se você não fizer esse cultivo diário, rapidinho permitirá que seus propósitos caiam no esquecimento. Deixará de lado coisas que são realmente importantes e perderá seu tempo com coisas que enfim, não te levarão a lugar algum.
Sucesso e Felicidade Para Você!
assinatura-chris
PS 1: Gostaria de saber como é sua organização para cultivar o autoconhecimento. Qual é sua rotina? Você reserva tempo para si? Medita? Estuda? O que faz?
PS 2: Como você já percebeu, estou fortemente motivado a trazer você para Unidarma. Sendo assinante da Unidarma você terá acsso a todo nosso conteúdo. São centenas de áudios e vídeos, todos eles dedicados ao seu aprimoramento pessoal.
O procedimento é extremamente simples. Basta clicar no botão abaixo e seguir as instruções.
assine-ja
 
 

TAGS:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *