Autocomiseração

AutocomiseraçãoAutocomiseração é uma palavra conhecida por poucos, mas praticada por muitos:
É a pena que o indivíduo sente dele mesmo.
Viemos a este mundo repleto de potenciais. Alguns com a habilidade de plantar, outros de colher. Uns de ensinar, outros de curar. Há ainda aqueles com a capacidade de inovar, de socorrer, de entreter, de proteger e assim por diante.
Ainda que não tenham lhe avisado, sua missão nesta vida é tornar este planeta um pouco melhor. E para que isto aconteça (ou seja, para que você faça a sua parte) deves então fazer bom aproveitamento de seus talentos, de seus potenciais internos. Simples assim.
Esta ideia é muito bem desenhada nos evangelhos, quando Jesus nos conta a parábola do dono da vinha que, ao sair de viajem, distribuiu moedas para seus servos. Aquele que mais o agradou foi o que fez melhor uso destes recursos na ausência do patrão.
Porém, dadas algumas adversidades no seu dia-a-dia, você desistiu de multiplicar estes seus talentos. É o professor que cansou de ensinar porque o sistema não o valorizou. É o visionário que abandonou seus sonhos porque fora criticado e desacreditado. É o empresário que desistiu do projeto porque veio a crise e assim por diante. Em conseqüência disso, sentiu-se vítima das circunstâncias, apoucado de sorte, mal compreendido e injustiçado. Quando irão reerguer-se depois da queda para tentarem novamente? Talvez nunca mais. Pelo menos, este é o caminho dos que cultivam pena de si.
Quando observamos na história da humanidade a trajetória daqueles que fizeram a diferença, percebemos com clareza e nitidez que a vida de nenhum deles foi fácil ou livre de grandes atribulações. Pelo contrário. Parece que quanto maior é o homem, tanto mais pesado é o seu grilhão.
Assim sendo, o convite de hoje é para que reveja sua postura de maior abandonado. Acha que está sofrendo além do que merecia? Sente que o seu fardo anda pesado demais? Está triste porque não foi amado como deveria? Não vê saída para seus próprios problemas? Pensou ou pensa em desistir? Se a resposta para qualquer uma destas perguntas é sim, desculpe, mas você entrou na fila da autocomiseração.
Quando eu for embora, quero olhar par trás e ver que pude deixar o mundo um pouco melhor, que pude dar a minha contribuição, por menor que ela seja. Isto só vai acontecer se eu prosseguir no meu caminho e trabalhar pela multiplicação dos meus talentos. Convido-o a fazer o mesmo.
Levante-se. Pare de choramingar quando as coisas não funcionam. Basta de lamentações.
Está com pouca sorte? Amanhã poderá ser diferente.
Está cansado? Tens a noite inteira para dormir.
Está decepcionado ou inconformado? Todos nós já estivemos um dia.
O mundo nem sempre é um lugar fácil ou bonito de se viver. Mas isto acontece porque pessoas como eu e você deixaram de dar a sua contribuição, deixaram de fazer a sua parte. Não será este o seu caso. Ou será?
Sucesso e Felicidade Para Você!
Assinatura Chris Allmeida Poder Pessoal e Autoconhecimento
Veja também…
Desperte seus potenciais adormecidos:
Reprogramação Mental “O Grande Líder”


 

TAGS:


2 respostas para “Autocomiseração”

  1. Olá, Chris!
    Excelente artigo e ótima motivação para começar bem a semana!
    A vida é muito boa para ser vivida de lamentações, precisamos sempre nos policiar para sacodir a poeira e dar a volta por cima, o tempo não espera a hora certa.
    Abraço e sucesso.
    Pâmela

  2. Olá Cris, não sou uma pessoa de reclamar muito da vida, mas convivo com pessoas assim, o que devo fazer para o pensamento dessa pessoa não alcançar o meu modo de pensar ou interferir na minha auto estima;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *